Arquivos

Como proteger o gato do frio durante o inverno?

Uma dúvida muito comum a todo tutor de gato quando as temperaturas caem é se os bichanos sentem frio como a gente. A resposta é sim, especialmente se vocês vivem em um lugar onde o inverno é rigoroso.

Os tutores precisam ficar atentos porque eles são os responsáveis pela saúde e bem-estar dos animais. Por isso, nos dias mais frios, devem adotar algumas estratégias para aquecê-los. Até mesmo a escolha do tipo de ração seca pode ajudar, pois a alimentação também tem a ver com a temperatura do pet.

Eles são quentinhos, mas também precisam se aquecer

A temperatura corporal dos gatos é um pouco mais elevada que a dos humanos, entre 38 °C e 39,2 °C. É por isso que ficar perto deles nos dias frios pode, inclusive, ajudar a nos aquecer.

Os gatos sentem mais calor que nós e, na verdade, se incomodam mais quando as temperaturas estão muito altas. Nessas épocas eles também precisam de cuidados que os ajudem a se refrescar.

No entanto, isso não quer dizer que eles não sintam frio, provavelmente apenas um pouco menos que a gente. É por isso que eles gostam de ficar em contato com superfícies quentes, como o colo humano, ou algum eletrodoméstico, como o computador ou o modem.

Assim como acontece conosco, além do desconforto, o frio pode aumentar a vulnerabilidade dos felinos a algumas doenças, como gripe e problemas respiratórios — bronquite e asma, por exemplo.

A atenção deve ser redobrada se o seu gatinho tem alguma doença crônica, pois o frio os deixa mais suscetíveis a complicações. Filhotes e idosos também têm o sistema imunológico mais sensível e merecem atenção nos dias de menor temperatura.

Em geral, tutores atentos ao comportamento dos animais conseguem perceber quando eles estão incomodados com o clima. É normal que os gatos fiquem mais encolhidos, se escondam ou fiquem mais quietos quando se sentem desconfortáveis com o frio.

Além disso, as patas, o focinho e as pontas das orelhas ficam geladas quando o gatinho está passando frio. Basta tocá-las para saber. A boa notícia é que é fácil ajudar o seu gatinho a ficar mais confortável. Fizemos uma lista com algumas dicas.

Cuide da pelagem

Os pelos são a principal proteção dos animais contra as mudanças de temperatura. Portanto, cuidar deles é também uma forma de garantir o conforto do seu gatinho durante o frio.

Em geral, os animais trocam de pelagem com a mudança das estações, justamente para se preparar. Mas, você pode ajudar escovando regularmente o seu gatinho, evitando que eles embaracem, facilitando o processo. Escovar também evita que os animais os engulam e formem bolas de pelagem no estômago.

Mantenha o pet dentro de casa

Apesar de ser comum, não é recomendado deixar os gatos saírem pela vizinhança, porque esse é um fator de risco para várias doenças. Quando está frio é ainda mais importante manter o animal dentro de casa, de preferência cuidando para que esse ambiente esteja quentinho, fechando as janelas e evitando correntes de vento.

Crie refúgios para ele se aquecer

É uma boa estratégia oferecer ao animal um cantinho para se aquecer, especialmente durante as várias horas em que ele dorme. Você também pode improvisar uma toca na caixinha de transporte ou até mesmo usar uma caixa de papelão com um cobertor dentro.

Deixe ele dormir na sua cama

É normal que os gatos queiram ficar mais perto da gente quando está mais frio, por causa do calor do nosso corpo. Por isso, se possível, pode ser uma boa ideia deixar ele dormir na cama com você. Como a temperatura dos pets também é alta, a companhia pode ser boa para o seu sono.

Considere colocar roupinha

Alguns gatos não gostam, mas as roupinhas podem ser uma boa ideia para aqueles que não se incomodam. Você pode comprar em lojas especializadas ou improvisar com roupinhas de bebê. Além de quentinhos, eles ficam muito fofos.

Gostou das nossas dicas? Acompanhe nosso blog e saiba como fazer da vida do seu pet muito mais agradável!