Arquivos

5 praias para visitar na Baixada Santista

O litoral sul de São Paulo, na região da Baixada Santista, é cheio de belezas. E a estrada para descer a serra ainda é uma das mais bonitas do Brasil, eternizada até por Roberto Carlos na música que fala das “curvas da estrada de Santos”.

Pertinho de São Paulo, a maioria das praias ficam a pouco mais de uma hora da Capital, ou seja, são perfeitas para visitar em um final de semana ou até mesmo para quem prefere fazer um bate-e-volta. Do Terminal Jabaquara, aonde é possível chegar de metrô, saem ônibus de São Paulo a Guarujá várias vezes ao dia.

São nove cidades que fazem parte da Baixada — Santos, São Vicente, Cubatão, Guarujá, Praia Grande, Bertioga, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe — e todas elas têm boas praias, para todos os gostos. A seguir, fizemos uma lista das melhores.

Praia de Gonzaga – Santos

Para quem gosta de praias urbanas, a Praia do Gonzaga, em Santos, vale a visita. Próxima ao centro, ela fica no calçadão e tem várias opções de bares e restaurantes, com boa comida e bebida. É lá que ficam os famosos jardins da orla, um dos maiores jardins à beira-mar do planeta, reconhecido pelo Guinness e tudo.

O mar é raso e tem águas calmas, o que faz com que seja um bom lugar para ir com crianças. Outro diferencial do lugar são as palmeiras e amendoeiras, que garantem sombra natural em alguns pontos da areia.

Prainha Branca – Bertioga / Guarujá

Localizada na Serra do Guararú, região de Mata Atlântica preservada, essa praia é um bom local para quem busca contato um pouco mais intenso com a natureza. Por não ser de tão fácil acesso (é preciso pegar a balsa Guarujá / Bertioga e fazer uma pequena trilha), ela não costuma ser tão cheia.

Lá é a casa de uma comunidade caiçara, que vive da pesca e do turismo. É um bom lugar para quem gosta de acampar e recebe muitos surfistas e visitantes de outros países, que gostam do estilo rústico do local. A infraestrutura é simples, mas você vai encontrar boa comida e bebida a preço justo.

Praia de Guaiuba – Guarujá

Pequena e um pouco afastada do centro de Guarujá, a Praia de Guaiuba fica em uma baía, o que garante águas quase sempre calmas e transparentes, onde é possível até praticar snorkel, por conta da boa diversidade de espécies marinhas. Tem bons restaurantes e quiosques, além de vendedores ambulantes.

Apesar de urbanizada, tem uma boa área de Mata Atlântica preservada, o que garante uma vista privilegiada. É possível chegar de carro ou ônibus, mas, por isso mesmo, costuma lotar nos finais de semana e feriados, então a dica é chegar cedo.

Praia dos Pescadores – Itanhaém

Pertinho do Centro, mas não muito urbanizada, a Praia dos Pescadores, em Itanhaém, é boa tanto para os surfistas quanto para os banhistas. O mar é mais forte no canto esquerdo, mas no restante da praia costuma ter águas mais tranquilas.

Localizada entre o costão rochoso do Morro do Sapucaitava e a Ilha das Cabras, essa praia costuma ter vários barcos que ficam estacionados na orla, o que deixa a vista ainda mais bonita. Não deixe de tirar uma foto na escultura que faz referência à novela “Mulheres de Areia”, que teve cenas gravadas lá na década de 1970.

Praia do Caramborê – Peruíbe

Praticamente deserta, na direção da Barra do Una, essa é uma das praias mais bonitas de Peruíbe, perfeita para quem busca sossego. Cercada por mata nativa e um costão de rochas, ela é muito preservada (fica dentro da Estação Ecológica Juréia-Itatins), tem águas esverdeadas e é pouco movimentada na maioria dos dias.

Como lá não há muita infraestrutura, nem sempre é possível achar comida e bebida, pois só é possível encontrar ambulantes em alguns dias. Por isso, leve guarda-sol, cadeira e também o que for comer e beber, o que também quer dizer que esse pode ser um programa mais barato.

Gostou do artigo? Então não deixe de acompanhar as matérias do nosso blog!