Arquivos

Como refinanciar um veículo?

Devido ao atual cenário econômico do país, cada vez mais pessoas estão precisando de dinheiro. Nesse sentido, o refinanciamento de veículo pode ser uma boa opção de empréstimo com juros menores.

Isso porque, nessa modalidade de crédito, o veículo é utilizado como garantia de pagamento, o que minimiza os riscos para a instituição financeira e, consequentemente, reduz os juros.

Assim, é possível conseguir uma quantia em dinheiro para utilizar da maneira que precisar ou até mesmo para substituir o atual financiamento do veículo por outro que ofereça taxas mais atrativas.

O que é o refinanciamento de veículo?

O refinanciamento de veículo é um tipo de concessão de crédito, também conhecido como empréstimo com garantia de veículo.

Nessa modalidade, você toma um empréstimo e oferece o seu veículo como garantia de pagamento.

Como o risco de inadimplência é bem baixo, as instituições conseguem oferecer taxas de juros abaixo do mercado, especialmente se comparadas às do empréstimo pessoal.

O valor total do empréstimo é calculado com base no valor do bem — no caso, seu automóvel. A depender de alguns critérios de avaliação, como marca, modelo e ano de fabricação, o crédito pode variar de 50% a 90% do valor do veículo no mercado.

Vale ressaltar que o veículo deve estar no nome do tomador do empréstimo e, normalmente, não pode ter mais de dez anos de fabricação.

Como funciona o refinanciamento de veículo?

A partir do momento em que o bem é oferecido como forma de garantia do pagamento, a instituição financeira passa a ter uma confiança maior no cliente e, por esse motivo, os juros aplicados à operação são menores.

Ainda assim, o score de crédito pode influenciar nos juros e até mesmo na decisão da concessão ou não do crédito. E, mesmo oferecendo o veículo como garantia, a instituição costuma exigir uma comprovação de renda mensal por parte do solicitante do empréstimo.

Porém, você não precisa se preocupar. Utilizar o veículo como garantia de empréstimo é bem mais acessível e, mesmo se houver alguma restrição em seu nome, as chances de aprovação são boas.

No entanto, não é somente o perfil do cliente que é avaliado pela instituição. O veículo também passa por uma vistoria que, normalmente, considera os seguintes pontos:

  • quilometragem;
  • estado de conservação;
  • valor de mercado;
  • ano de fabricação.

Sendo assim, quanto mais novo e bem conservado o seu veículo for, maior será o valor do crédito concedido e menores serão as taxas de juros praticadas. O inverso também é verdadeiro.

Vale ressaltar que, embora a maioria das instituições financeiras só aceitem automóveis para esse tipo de transação, algumas também aceitam motocicletas.

Como efetuar um refinanciamento de veículo?

Apesar de depender da política de processos de cada instituição, o processo de solicitação de refinanciamento de veículo geralmente funciona da seguinte forma:

  1. acesse o site da instituição;
  2. selecione a opção de empréstimo com veículo de garantia;
  3. faça uma simulação informando os dados do veículo e seus dados pessoais;
  4. caso a proposta apresentada o(a) agrade, prossiga com a solicitação;
  5. envie os documentos solicitados;
  6. aguarde a análise de crédito e a possível aprovação.

Afinal, vale a pena refinanciar o seu veículo?

Se você está precisando de dinheiro, o refinanciamento de veículos pode, sim, valer muito a pena. No entanto, é fundamental organizar as finanças pessoais antes de efetuar esse tipo de transação.

Isso porque, caso você não consiga honrar com o pagamento das parcelas, o seu veículo poderá ser tomado pelo banco. Portanto, analise bem o seu orçamento e planeje-se muito bem financeiramente, a fim de ter certeza que poderá honrar com os pagamentos das parcelas deste tipo de empréstimo.

Gostou das dicas do nosso portal? Aproveite o espaço abaixo e deixe o seu comentário!