Arquivos

Afinal, o que é a área de Gente e Gestão?

Foi-se o tempo em que o “capital humano” era desconsiderado dentro das empresas. Hoje, mais do que nunca, as companhias entendem o valor dos colaboradores para o sucesso do negócio. Para que eles tragam os resultados esperados, é preciso mantê-los engajados dentro da empresa. É aí que entra o setor de Gente e Gestão.

Pelo nome, muitas pessoas podem considerar o ramo como algo supérfluo, mas, na verdade, esse novo entendimento do relacionamento entre empresa e empregado é uma das tendências do futuro. Hoje, existem cursos específicos, plataforma de Gente e Gestão para ser utilizada, além de abordagens próprias só para os profissionais que querem atuar nessa área.

Veja o que é a área de Gente e Gestão, qual sua importância e como trabalhar nesse setor!

O que é a área de Gente e Gestão?

O setor de Gente e Gestão de uma empresa é aquele que cuida dos colaboradores de maneira geral, considerando melhorar seu engajamento, sua produtividade, relação com os colegas, entre outros pontos. Algumas empresas incluem burocracias relacionadas aos funcionários também nesse setor, enquanto outros preferem deixar os dois divididos, apesar de estarem relacionados.

Dessa maneira, é comum que os dois setores trabalhem juntos, principalmente em tarefas como recrutamento, entrevistas, contratação e outras etapas mais burocráticas. Mas, no caso da área de Gente e Gestão, essa está focada mais em desenvolvimento do profissional, adaptação e “fit” com a empresa, do que com as burocracias.

Resumindo: o setor de Gente e Gestão tem como objetivo melhorar a relação entre colaboradores e empresa, trazer uma visão mais humanizada, entender suas necessidades diárias das pessoas, acompanhar desempenhos e auxiliar em melhorias, além de prezar pelo engajamento maior das partes.

O que faz e para que serve?

Visando trazer essa humanização na relação entre empresa e colaborador, as principais funções do setor de Gente e Gestão são promover ações que contribuam com isso de alguma maneira. Isso vai desde criar indicadores para encontrar equipes desmotivadas (e ajudá-las a sair disso) até pensar em eventos e capacitações para os funcionários.

Entre os principais papéis de um profissional da área de gestão, estão:

  • contribuir com a motivação das equipes;
  • auxiliar e desenvolver lideranças;
  • prezar pelo bom clima organizacional;
  • trabalhar no desenvolvimento dos colaboradores;
  • mediar conflitos;
  • aproximar a relação entre funcionário e empresa;
  • participar do recrutamento e escolha dos talentos que mais se encaixam;
  • ajudar na integração de novas pessoas à equipe, entre outras. 

Todos esses pontos podem trazer inúmeros benefícios para as empresas, principalmente considerando uma equipe mais engajada no dia a dia. Como consequência, o profissional de Gente e Gestão tem papel importante no crescimento e fortalecimento dos negócios, uma vez que é quem tem contato mais direto com os funcionários e trabalha ativamente para que eles exerçam suas funções cada vez melhor.

Muitas empresas já enxergaram essa tendência no mercado e passaram a implementar no setor.

Como trabalhar com Gente e Gestão?

Os profissionais que trabalham nesse setor são, geralmente, formadas em Administração e Gestão, com conhecimentos em Recursos Humanos. Mesmo tendo suas diferenças, entender o funcionamento de um RH é primordial, além de auxiliar também nas próprias funções do trabalho.

Além dos profissionais administrativos, equipes de Gente e Gestão também podem contar com psicólogos, pessoas da área de comunicação e até organizadores de eventos, no caso de empresas maiores.

Quem deseja trabalhar na área, então, precisa ter, geralmente, uma formação básica (principalmente de administração, gestão e RH) e também se aprofundar em outros assuntos que vão além das burocracias, como comportamento, análise de dados e indicadores e melhores ferramentas a serem utilizadas, por exemplo.

Com a leitura deste artigo do nosso blog, você pode observar que o setor de Gente e Gestão é uma tendência que vem crescendo e promete ganhar cada vez mais espaço dentro das empresas. Vale a pena entender mais sobre ela, seja para atuar diretamente, seja para buscar novas soluções de negócios.